Mãe, como se tornou difícil

O meu levantar

Sem você por perto

Para me chamar

Filho, vem cá

Dar um abraço na mamãe

 

Como é amargo

Meu café da manhã

Sem você por perto

Cortando o pão

Com  seu olhar atento e de prontidão,

Sempre a me perguntar :

Filho, ta bom?

 

Como sinto sua falta

No meu dia a dia

Da sua beleza

Da sua magia

Da sua ternura

Quando me dizia:

Filho, bom dia

Bom dia…

 

 

 

Mãe, você é o amor,

Que Deus Para mim preparou,

Que nunca perdeu o seu vigor

E com muito amor me criou.

 

Na alegria ou na dor

Você nunca murmurou

Você  Sempre me ensinou

Que o nosso Deus é um Deus de amor

 

Você me ensinou que amar

É ter Deus em primeiro lugar.

E o resto Deus providenciará

 

Só quem sabe o que é amar

Poderá nos ensinar.

Te digo sem medo de errar

Você é essa mãe,

que sabe o verdadeiro sentido de amar.

 

Porque Amar,

É sempre  ter Deus  em primeiro lugar